5 razões pelas quais a correção minimamente invasiva do joanete é a melhor

5 razões pelas quais a correção minimamente invasiva do joanete é a melhor
2 anos atrás

A cirurgia é uma das opções de tratamento mais comuns para joanetes moderados a graves, porque o tratamento conservador não pode realmente voltar o relógio na articulação do dedão do pé. Não só isso, mas a cirurgia é muito eficaz na remoção do joanete, estabilizando a articulação do dedão do pé e diminuindo a dor e os sintomas associados à doença.

Como muitas cirurgias, existem duas maneiras básicas de um cirurgião realizar a operação. Existe a abordagem aberta tradicional e existe uma técnica laparoscópica ou minimamente invasiva. A técnica minimamente invasiva tornou-se o padrão da indústria e é o método realizado rotineiramente pelo Dr. Diego Braga especialista em pé e tornozelo. Abaixo, explicamos as vantagens únicas da cirurgia minimamente invasiva e porque é a técnica que praticamos e pregamos.

Benefícios exclusivos da cirurgia laparoscópica de joanetes

Aqui está cinco benefícios exclusivos da cirurgia de correção de joanete minimamente invasiva.

Menos danos aos tecidos moles – A técnica aberta requer duas incisões maiores no dedo do pé e cortes nos tecidos moles para acessar o local do joanete. Com a técnica minimamente invasiva, o cirurgião pode manobrar ao redor dos tecidos moles e não há corte dos tecidos que cruzam a articulação do dedão do pé.

Menos Cicatrizes e Dor – Como são usadas incisões menores, as cicatrizes são limitadas e podem até se tornar invisíveis a olho nu. Incisões menores e menos trauma no local da cirurgia também levam a menos dor pós-operatória.

Sem anestesia geral – Você não precisará ser submetido ao escolher o Dr. Diego Braga para sua cirurgia de joanete. Usamos uma técnica semelhante ao que você pode receber no dentista para uma operação. Você ficará relaxado, mas não fora, e não sentirá nenhuma dor durante o procedimento.

Sem Muletas – Ao realizar a correção do joanete usando técnicas minimamente invasivas, os pacientes podem andar imediatamente após a cirurgia. Os pacientes estão dirigindo um carro e retornando ao trabalho dentro de um ou dois dias, e a maioria dos pacientes está de volta aos seus sapatos normais dentro de seis semanas. Você não precisará de muletas ou de um pé engessado para se locomover.

Mesmos Resultados – Se o método tradicional foi mais eficaz do que a técnica minimamente invasiva, pode ser preferível mesmo que a recuperação seja mais demorada e haja mais dor pós-operatória. No entanto, as taxas de sucesso para ambos os procedimentos são as mesmas e, na verdade, há menos riscos associados à técnica minimamente invasiva, por isso agora se tornou a técnica de tratamento padrão.

Então, se você está lidando com um joanete que está fazendo com que o uso de sapatos seja doloroso, converse com o Dr. Diego Braga. Com a ajuda da cirurgia minimamente invasiva, você pode ficar sem dor em pouco tempo. Para obter mais informações ou marcar uma consulta, ligue para nosso escritório (21) 98073-0131, ou agende sua consulta no formulário abaixo.

As datas serão analisadas pela secretaria e confirmadas mediante disponibilidade de agenda.